Balanced scorecard norton and kaplan pdf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Robert Kaplan e David Norton. O BSC organiza-se em balanced scorecard norton and kaplan pdf de quatro perspectivas: financeira, do cliente, interna e de inovação e aprendizagem.

Posteriomente, David Norton e Robert S. O artigo foi baseado em uma pesquisa sobre várias empresas com a finalidade de estudar a medição do desempenho nas empresas em que os ativos intangíveis desempenham um papel central na geração de valor. Após a publicação do artigo “O Balanced Scorecard: Medidas que Impulsionam o Desempenho” na HBR, várias empresas rapidamente adotaram o BSC. O artigo mencionado anteriormente acabou tendo seu conceito ampliado tornando-se uma ferramenta de gestão para descrever comunicação e implementação da estratégia. Como podemos melhorar e criar valor? Responder aos desafios colocados por estas quatro questões permite ajustar continuamente a estratégia e mudá-la quando necessário.

A resposta permanente a estas quatro questões permite realizar uma mensuração simultaneamente financeira e não financeira, inerente ao sistema de informação alargado a todos os níveis da organização. O BSC tende a levar a uma criação de indicadores de desempenho, atingindo todos os níveis organizacionais, se tornando ferramenta de comunicação e promoção geral , com a estratégia da corporação. O que deve ser alcançado e o que é crítico para o sucesso da organização. Como será medido e acompanhado o sucesso do alcance do objetivo. Ter um responsável designado capaz de atuar sobre os indicadores.

Deixar as  estratégias claras a toda a empresa. Alinhar as metas interdepartamentais e pessoais à estratégia. In: Ensino de Engenharia de Produção: Desafios, Tendências e Perspectiva, 12. Ligar os  objetivos estratégicos com as metas alcançadas de longo prazo e os orçamentos anuais.

Se referem ao nível de desempenho ou a taxa de melhorias que tem que ser realizadas para que os objetivos sejam alcançados. Relatam as ações práticas necessárias para que se alcancem os objetivos estratégicos organizacionais. Existem diversos modelos conceituais na literatura de administração e contabilidade que se assemelham ou se complementam ao BSC. Strategic Activity System – SAS.

O BSC decompõe a estratégia de uma maneira lógica, baseando-se em relações de causa e efeito, vetores de desempenho e relação com fatores financeiros. O BSC deve contar a história da estratégia, começando pelos objetivos financeiros de longo prazo e relacionando-os às ações que precisam ser tomadas em relação às demais perspectivas, para que o desempenho econômico seja alcançado no longo prazo. O principal objetivo de uma empresa é conseguir obter retornos do capital investido, pelo que a vertente financeira assume um papel preponderante. Também no BSC a vertente financeira está presente, sendo os indicadores financeiros fundamentais para concluir acerca das consequências inerentes às ações levadas a cabo pela empresa. A elaboração do BSC deverá funcionar como um estímulo a que as diferentes unidades de negócio da empresa estabeleçam objetivos financeiros, sempre de acordo com a estratégia global da empresa. Os objetivos e indicadores da perspectiva financeira do BSC devem ser definidos tendo em conta a fase em que se encontra a empresa e as suas unidades de negócio.

A esta perspectiva poderá também chamar-se perspectiva do acionista, em virtude de serem eles os principais interessados na empresa, procurando a melhor rentabilidade para o capital investido, logo dando uma importância extrema às questões financeiras. BSC incentiva as unidades de negócios a vincularem seus objetivos financeiros à estratégia corporativa. Os objetivos financeiros servem de base para todas as outras perspectivas do BSC. Toda medida selecionada deve ter uma relação de causa e efeito que culmina na melhoria do desempenho financeiro. O BSC deve contar a história da estratégia, começando com os objetivos financeiros de longo prazo, e em seguida, ligando-os as ações que devem ser tomadas com os processos financeiros, clientes, processos internos e funcionários finalmente e sistemas para entregar o desempenho econômico, de longo prazo, desejado. Para a maioria das organizações, os temas financeiros de: aumento das receitas, melhoria da relação custo e produtividade, aperfeiçoamento da utilização dos ativos e redução de riscos podem fornecer as ligações necessárias com todas as quatro perspectivas do BSC. Muitas empresas, no entanto, usam objetivos financeiros idênticos para todas as suas divisões e unidades de negócios.